Vouchers Startups: Transição Digital em passo acelerado

Start-PME.
Vouchers Startups: Transição Digital em passo acelerado

Vouchers Startups: Transição Digital em passo acelerado

Está em curso o processo de candidaturas aos “Voucher para Startups novos produtos verdes e digitais”, no âmbito da componente C16 do Plano de Recuperação e Resiliência. Portugal assumiu perante a Comissão Europeia o compromisso de atingir a meta dos 3000 vouchers até 2025, com um investimento total de 90 milhões de euros.

Os objetivos a atingir na C16 – Empresas 4.0 não se limitam a recuperar o atraso na transição digital do tecido empresarial. Têm a ambição de acelerar o passo e criar um ecossistema de empreendedorismo nacional marcado pela inovação, pela introdução de tecnologias disruptivas e modelos de negócio com mais valor para as empresas.
O valor máximo atribuído a cada beneficiário, 30.000 €, por si só não impressiona, embora possa ser quanto baste para a fase de arranque.

Reforçar a rede de startups focadas na componente verde
O grau de impacto desta medida deve ser avaliado com outros indicadores, como: o número de empresas financiadas em todo o País, reforçando uma rede de startups que geram conhecimento qualificado potencialmente transferível para pequenas e médias empresas; a “via verde” para startups focadas na criação de novos produtos digitais, e no desenvolvimento de modelos de negócio com uma componente verde; a valorização do investimento em setores com maior intensidade de tecnologia e conhecimento ou que valorizem a aplicação de resultados de I&D na produção de novos bens e serviços.

Financiamentos elegíveis: qualificação, certificação tecnológica e marketing
Acresce nesta avaliação o facto de a medida privilegiar como financiamentos elegíveis os recursos humanos e a certificação tecnológica dos seus trabalhadores, o custo com a proteção/valorização de direitos de propriedade intelectual, bem como apoios ao nível do marketing. Uma tríade essencial para transformar uma boa ideia, numa ideia de sucesso.

PRR a passo acelerado
A conjugação destes fatores num tempo pressionado pelo calendário apertado do PRR é um desafio, mas também um incentivo para fazer em passo acelerado a dupla transição verde e digital das empresas.

Maria João Silva
Consultora de Fundos Comunitários

Partilhar

O conteúdo Vouchers Startups: Transição Digital em passo acelerado aparece primeiro em Start-PME.

Voltar para Notícias